cidadegospel

sábado, 24 de junho de 2017

Baleado durante assalto no bairro Conceição morre no HGCA

Morreu nesta sexta-feira (23) no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), Welington Rocha de Souza, 50 anos, baleado no último dia 13 durante um assalto na rua Gamelinha, bairro Conceição, em Feira de Santana.

Segundo a polícia, Welington parou seu veículo por volta das 6h30 da manhã em frente à quadra esportiva quando foi surpreendido por dois homens que estavam de moto e anunciaram o assalto. Ele tentou fugir e acabou baleado.

Socorrido para o HGCA e submetido a procedimento cirúrgico, Welington não resistiu. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para ser necropsiado.

Blog Central de Polícia, com informações de Sotero Filho.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

* Rolou um ‘fogo amigo’ esta semana na Câmara Municipal de Feira de Santana. Até o vereador governista José Carneiro criticou as perigosas perseguições feitas a ‘ligeirinhos’ por prepostos da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

* O governador Rui Costa entregou no início da semana, um viaduto de 400 metros de extensão em Salvador e até agora a população de Feira aguarda pela inauguração do viaduto que ligará a Avenida Nóide Cerqueira à BR-324. É obra tamanho G, para a capital, e obra tamanho P, para Feira de Santana.

* Nesta semana, bandidos armados assaltaram um canteiro de obras do BRT na Avenida João Durval e fizeram a ‘limpa’ nos funcionários. O maior absurdo é que uma das vítimas conseguiu ligar para a Polícia Militar, correndo o risco de vida, mas os assaltantes tiveram todo o tempo do mundo para roubar e fugir.

* Toda iniciativa para melhorar a segurança da população é bem vinda e o secretário municipal de Prevenção à Violência, Pablo Roberto informou que os festejos juninos no distrito de Maria Quitéria serão monitorados por câmeras. Qualquer ação criminosa será repassada imediatamente para a polícia.

* Quando a gente diz que não falta acontecer mais nada em Feira, não está exagerando. O jornal Folha do Estado estampou em sua capa, neste sábado, uma foto que mostra uma rua sendo extinta com a colocação muro. A tal rua fica no Jardim Sucupira.

* E o drama dos funcionários terceirizados de empresas que prestam serviço para o Governo do Estado continua em Feira de Santana. Quando não é na UPA do Clériston é no próprio hospital. A reclamação agora é que a Fundação José Silveira atrasa os pagamentos, alegando que a Secretaria Estadual de Saúde não repassa os valores. Por tabela, o problema ‘respinga’ em quem precisa de atendimento médico.

* Na Bahia toda, tem prefeitos e até o Estado, alardeando que anteciparam os salários dos servidores por conta dos festejos juninos, como se estivessem fazendo o maior favor do mundo.  Como bem lembrou o jornalista Fernando Duarte, as contas de julho vão chegar com ou sem antecipação dos salários.  Ou seja: se gastar tudo agora, vai ficar sem...

* E pra concluir: boas festas de São João e até a próxima semana, que São Pedro vem aí!

Blog Central de Polícia.




Corpo de vendedor ambulante é encontrado em estado de decomposição em riacho

O corpo de um homem foi encontrado em estado de decomposição na quarta-feira (22), em um riacho localizado em uma propriedade rural no limite entre os municípios de Serrinha e Lamarão. De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima foi identificada como João de Jesus Alves, de 59 anos, morador da fazenda Caatinga do Vieira, mesmo lugar onde o corpo foi encontrado.

Segundo a corporação, familiares estiveram no local e disseram que o homem era vendedor ambulante de doces e estava desaparecido há cinco dias, quando foi visto pela última vez ao sair para trabalhar na cidade de Conceição do Coité.

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica de Serrinha fez a remoção do corpo. Devido ao avançado estado de decomposição, a causa da morte será analisada através de exames complementares. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Notícias de Santaluz.

Motorista obstrui a passagem de viatura PRF e é preso com carro roubado

No final da manhã de ontem (21), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou um veículo roubado e apreendeu um documento falso durante fiscalização realizada em Feira de Santana.

Os policiais deram ordem de parada a um Citroën, que desobedeceu, mas foi alcançado à frente. No deslocamento, porém, um Toyota/Corolla obstruiu a passagem da viatura, não abrindo espaço mesmo com a sirene e as luzes emitidas. Feitos os procedimentos no Citroën, que não possuía nenhuma irregularidade mais grave, os policiais abordaram o Corolla.

O motorista apresentou um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) falsificado. O veículo também tinha adulterações, mas mesmo assim a equipe conseguiu identificar os dados verdadeiros e constatar que o carro havia sido roubado no dia 8 de junho em Salvador. Essa ocorrência foi registrada no KM 419 da BR 116.

O motorista foi preso em flagrante por receptação e conduzido para a delegacia de polícia judiciária.

FONTE: PRF/BA

Homem invade Restaurante da UEFS

Mais um episódio ocorrido nas dependências da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) foi parar na delegacia. O caso ocorreu na madrugada desta quinta-feira (22).

Segundo a administração da UEFS, por volta das 4 horas, um homem invadiu o Refeitório Universitário pela porta de acesso dos funcionários. As funcionárias ficaram assustadas e tentaram sair pela porta do refeitório quebrando o vidro.

O desconhecido foi contido por um motorista da empresa PUPPO e alegou que estava procurando comida. A vigilância foi acionada e encaminhou o homem para a 2ª Delegacia, no Complexo Policial do Sobradinho.

Em nota, a Reitoria da UEFS lamenta o ocorrido e informa que um plano de segurança está sendo discutido para adoção de novas medidas. Este foi o segundo caso policial ocorrido em menos de 24 horas no campus universitário. 

Relembre o outro fato:http://centraldepoliciafsa.blogspot.com.br/2017/06/estudantes-sao-vitimas-de-sequestro.html

Blog Central de Polícia, com informações do site da UEFS e imagem reprodução.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

São João de São José será monitorado por câmeras de segurança

Numa iniciativa inédita da Secretaria Municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev), o tradicional São João de São José será totalmente monitorado. O serviço começa a funcionar nesta quinta feira, 22, e prossegue durante todo o festejo.

O secretário da Seprev, Pablo Roberto, ressalta a importância da iniciativa visando proporcionar maior segurança e tranquilidade às pessoas que forem ao evento. "Com a medida esperamos inibir a violência e auxiliar no combate à criminalidade", destacou.

O monitoramento será realizado em todo o circuito da festa, na praça da sede do Distrito, com câmeras também no palco fixo e nos acessos . Serão utilizadas as modernas câmeras speed dom e outras de grande alcance e definição de imagens.

Aliado a tudo isso, a Seprev também vai deslocar para o local o ônibus com a central movel de vídeomonitoramento. Neste veículo trabalham 20 homens em escala de revezamento ininterruptamente para garantir melhor resultado da ação.

Com o videomonitoramento, as ações serão identificadas em tempo real. E as imagens, conforme o secretário Pablo Roberto, são encaminhadas automaticamente para a polícia, além de prepostos da PM serem acionados para interferir em casos necessário. "As imagens serão utilizadas para identificar e punir a criminalidade", alertou o secretário.

Todo sítio da festa e as principais ruas estão monitoradas.

Fonte: Secom.




Extintores ABC voltarão a ser obrigatórios

Quase dois anos após a polêmica da obrigatoriedade ou não dos extintores de incêndio do tipo ABC em automóveis, a Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados voltou a aprovar o retorno do extintor como item obrigatório.

Os extintores do tipo ABC iriam se tornar obrigatórios a partir de outubro de 2015. Na época, a medida provocou um grande aumento nas vendas do equipamento. Duas semanas antes do prazo, porém, a resolução 556/15 do Contran tornou sua presença apenas facultativa.

Na época, o Contran justificou a decisão com um estudo de 90 dias que constatou a baixa incidência de incêndios dentro do volume total de acidentes com veículos, e que o uso do extintor sem preparo representaria mais risco ao motorista do que o incêndio em si.

O novo texto do Projeto de Lei 3404/15 do deputado Moses Rodrigues (PMDB-CE) questiona essa justificativa. Para o deputado, “não é plausível que o Contran, de um momento para outro, entenda que o extintor de incêndio não é mais considerado item de segurança do veículo e decida tornar facultativo o seu uso, deixando vulneráveis os ocupantes dos veículos em caso de incêndio”.

O relator do projeto, o deputado Remídio Monai (PR-RR), concorda com o argumento de Rodrigues. Segundo ele, “o custo do extintor de incêndio é insignificante em relação ao custo do próprio veículo, ainda mais se considerarmos os benefícios advindos de sua adequada utilização”.

Hoje encontráveis por até R$ 50,00, na época os extintores do tipo ABC chegaram a custar R$ 150,00 devido à intensa procura, ocasionando até mesmo fila de espera e acusações de fraudes.

Logo após a decisão do Contran de tornar o equipamento apenas facultativo (mantendo a obrigatoriedade apenas para veículos de transporte como ônibus, caminhões, triciclos de cabine fechada e veículos destinados ao transporte de produtos inflamáveis), a procura despencou drasticamente.

Após a aprovação pela Comissão de Viação e Transportes, o projeto 3404/15 ainda precisa ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania antes de ser votado pelo Plenário.

FONTE: Quatro Rodas, com imagem ilustração.