cidadegospel

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Jovem é morto a tiros e comparsa fica ferido durante assalto no Jardim Acácia

Um jovem morreu e outro ficou gravemente ferido na tarde desta terça-feira (20), no bairro Jardim Acácia, em Feira de Santana. O fato aconteceu na rua Luz e Fraternidade.

Segundo a polícia, Lucas Lima de Freitas, também conhecido como “Pururuca”, 22 anos e Danilo Santos Caribé, 18, estavam praticando um assalto quando um desconhecido reagiu e baleou os dois. Lucas morreu no local, enquanto Danilo foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

Uma testemunha que não quis ser identificada, contou que a dupla já vinha praticando assaltos na região e Lucas estava bastante agressivo e teria dito que saiu ontem do presídio. Ainda de acordo com a testemunha, após a dupla assaltar um grupo que jogava dominó, um desconhecido sacou uma arma e baleou os acusados.

Curiosamente, Lucas caiu em um buraco no formato de uma cova. Não há informação sobre o autor dos disparos. Lucas morava no conjunto Feira X. Um revólver calibre 38, que estava em poder de Danilo, foi apreendido pela polícia.

O delegado Luiz Osório Nobre presidiu o levantamento cadavérico e autorizou a remoção para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Blog Central de Polícia, com informações de Sotero Filho e foto reprodução.

Acusados de participação em duplo homicídio em Cabuçu são presos em Feira de Santana

Uma operação envolvendo as polícias Civil e Militar cumpriram dois mandados de prisão na manhã desta terça-feira (20), no município de Feira de Santana. Foram presos. Participaram da ação, policiais da 67ª Companhia Independente (CIPM), 20ª CIPM/Santo Amaro e da 3ª Coordenadoria de Polícia Civil de Santo Amaro.
O objetivo foi prender os acusados de participação no duplo homicídio ocorrido na praia de Cabuçu, no dia 11 de janeiro deste ano, e que vitimou Gabriel Souza Navarro de Oliveira, 19 anos, e Rafael Sena Farias da Silva, 20. Eles foram executados com vários tiros. As vítimas moravam em Feira.

Foram presos Antonio Carlos da Cruz Santos e Welton Souza Santos, acusados dos assassinatos. Ainda na operação, os policiais conduziram até a delegacia, José Carlos dos Santos Júnior, suspeito de coautoria e a companheira de Antonio Carlos, identificada como Tailane Paixão Pereira.
Além das prisões, foram apreendidos um revólver calibre 38, provavelmente utilizado no crime, certa quantidade de crack e cocaína, uma balança de precisão, celulares, e a quantia de R$ 278,50.
O delegado Jean Souza e o major Melo Neto, que participaram da operação, apresentaram os suspeitos no Complexo de Delegacias do Sobradinho.

O crime http://centraldepoliciafsa.blogspot.com.br/2018/01/duplo-homicidio-e-registrado-em-cabucu.html 

Blog Central de Polícia, com informações e fotos de Sotero Filho.

Vereadora cobra atenção da Prefeitura na organização da cidade: “quando se aproximam as eleições, o descaso aumenta”

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (20), na Casa da Cidadania, a vereadora Eremita Mota (PSDB) tratou sobre a organização de Feira de Santana. Segundo ela, o Poder Executivo deve destinar mais atenção para organização da cidade.

“Dias atrás me pronunciei sobre o direito de ir e vir das pessoas e que em Feira de Santana, a cada dia, esse direito é suprimido dos pedestres que aos poucos estão sendo retirados dos passeios. Uma pessoa que está no passeio e precisa descer para encontrar um lugar para andar está arriscando sua vida. Feira de Santana cresceu muito e não pensaram na mobilidade dos pedestres e por isso está dessa forma. Tenho mais de 300 fotos de lugares que não tinham necessidade de serrem ocupados e ninguém aparece para impedir. Na Secretaria, onde existem chefes que são direcionados para o bom andamento da cidade, não vemos ninguém agir. Próximo a minha casa, por exemplo, tem um fato que nunca pararam para dizer que está errado”, pontuou Eremita.
A edil relatou mais que ouviu um prestador de serviço, natural do estado do Paraná, afirmar que em Feira de Santana é fácil se montar um negócio porque pode ser aberto em qualquer lugar, pois não há impedimentos por parte do Poder Público. “Ele disse que no Paraná não é assim, pois existem leis que direcionam a abertura de um comércio, o que não existe em Feira. Muitas vezes fazemos requerimentos que não são atendidos e até levamos a culpa, pois as pessoas nos fazem reclamações que não são atendidas. Vereador foi criado para levar os reclames da população e serem atendidos, mas aqui nem sempre isso acontece”, relatou.
Eremita afirmou ainda que fica bastante sentida por em Feira de Santana funcionar a politicagem. “E ouço pessoas de fora dizerem que a cidade está feia, desorganizada. E parece que nessa fase de transição, onde se aproximam as eleições, o descaso aumenta e fica pior”, observou.

Fonte: Ascom, com imagens ilustração/reprodução.




Motorista sem habilitação invade sinal, ameaça agentes de morte e é detido

Abordado por ter invadido, no sinal vermelho, o cruzamento da rua Barão de Cotegipe com a avenida Sampaio, no centro da cidade, um homem ameaçou de morte dois agentes da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), na noite de sábado. Raphael Moura Lopes dos Santos, residente no bairro Ponto Central, nesta cidade, foi detido e levado a Central de Flagrantes da Polícia Civil, por policiais militares.

Dirigindo o veículo Fiesta, placa JQK-4000, ele evadiu-se do local, após cometer a infração. A equipe da SMT acionou a sirene de sua viatura e seguiu o automóvel, com o objetivo de que o homem parasse.

Raphael só resolveu estacionar na altura do cruzamento da rua Barão do Rio Branco com a avenida Presidente Dutra. Ele desceu do veículo e nesse momento teria feito a ameaça de “encher de bala os agentes”, caso “a multa chegasse”, conforme relatado em Boletim de Ocorrência na delegacia. Entrou no carro e seguiu. A partir daí, os agentes acionaram a PM, através do 190, e continuaram acompanhando o Fiesta. A Polícia Militar, através dos soldados Etevaldo Barbosa da Silva e Nilton Américo de Sena Neto, conseguiu interceptar o veículo, na avenida Maria Quitéria, imediações onde ficam algumas farmácias.

Os agentes, então, finalmente puderam fazer o seu trabalho. Apurou-se a procedência do automóvel, descobrindo que estava sem licenciamento, e que o condutor não possuía a Carteira Nacional de Habilitação. O veículo foi guinchado e encaminhado para o local onde ficam por irregularidade na documentação.

O superintendente municipal de Trânsito, Maurício Carvalho, que é advogado, diz que o motorista deverá responder pela ameaça de morte feita aos agentes. “A SMT e a Procuradoria Geral do Município vão acompanhar. Temos o dever de proteger ao servidor público que, no exercício de sua profissão, aborda um condutor que invade o sinal vermelho, causando sério risco de acidentes e ainda se acha no direito de ameaça-lo”, afirma.


Secom

Agente de endemias morre afogado em rio

Na tarde de ontem (19), o agente de endeemias Flávio de Brito Lopes, de 38 anos, morreu afogado no Rio Paraguaçu, no município de Santo Estevão. O corpo da vítima foi encontrado às margens do rio, em uma localidade conhecida como fazenda Mamona.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira, para onde o corpo foi levado, não tem detalhes sobre a morte de Flávio. Ele morava no residencial Central Park, no bairro Rua Nova, em Feira de Santana.

Blog Central de Polícia, com informações do De olho na cidade e Denivaldo Costa.

Familiares de adolescente desaparecida após ir ao shopping estão desesperados

Familiares da adolescente Bruna Santana Mendes, 16 anos, moradora do município de Serra Preta, estão desesperados com o desaparecimento dela, desde a tarde de domingo (18), em Feira de Santana. “Bruna estava hospedada na casa de familiares na rua Porto Seguro, bairro Jardim Cruzeiro”, contou Emilly, prima da adolescente. Na tarde dessa segunda-feira, os pais de Bruna compareceram ao Complexo de Delegacia do Sobradinho e registraram a queixa de desaparecimento.

Ainda de acordo com Emilly, Bruna foi vista pela última vez no Boulevard Shopping. Ela estava vestindo blusa branca de manga comprida, saia rosa e calçando tênis. “Um primo levou a garota ao cinema para ela se encontrar com outro adolescente (paquera) e ao retornar para buscá-la não conseguiu encontrá-la. Mas o rapaz que estava com Bruna informou que ao se desencontrar com o primo, ela pegou um mototaxista e retornou para casa”, explicou a prima.

O Mototaxista

“O adolescente que tem 17 anos, que se encontrou com minha prima no Boulevard, já prestou depoimento na delegacia, informando que após o encontro com ela, e o desencontro com o meu primo, ele levou ela até um ponto de motoboy, localizado na frente do shopping e contratou um mototaxista identificado como Pit, para que levasse ela até a residência onde a mesma estava no Jardim Cruzeiro”, contou Emilly.

“O negocio foi que ficamos certo de pegá-la às 17 horas, no Boulevard. Só que quando chegamos lá, ela não estava, daí começamos a procurá-la. Em seguida, fomos atrás do paquera dela e o mesmo informou, que desencontrou conosco e que levou ela até o motoboy para que levasse pra casa”, concluiu.

As informações são do Polícia é  Viola

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Sem segurança armada, postos de saúde da Prefeitura viram alvo de bandidos

Funcionários, prestadores de serviço e pacientes que frequentam as unidades de saúde do município estão vivendo sobressaltadas diante da ação de marginais. Nossa redação recebeu mensagens trocadas através do aplicativo whatsapp, relatando o drama sofrido nos postos de saúde, espalhados em vários bairros.
Segundo um dos relatos, os assaltantes descobriram que as unidades de saúde são alvos fáceis, diante da falta de segurança. Os bandidos atacam em plena luz do dia e saqueiam funcionários, médicos e pacientes.

Outros relatos informam que teve unidade visitada pela segunda vez, enquanto em outra os funcionários foram trancados em um dos cômodos. Já foram relatados casos nas unidades de saúde do Eucalipto, Conceição, Alto do Rosário, Francisco Pinto e George Américo.
Procurado por nossa reportagem, o secretário Pablo Roberto, titular da secretaria de Prevenção à Violência (Seprev), informou que em alguns postos existem prepostos da Guarda Municipal e em outras unidades há agentes de portaria, desarmados. O secretário frisou que a segurança pública é questão da Polícia Militar.
O problema é que a Prefeitura deveria ser mais ativa com a segurança das unidades de saúde, haja vista que são patrimônio público, e centenas de pessoas, entre os que trabalham e pacientes, estão diariamente convivendo com o perigo.

Blog Central de Polícia, com informações de internautas e imagens reprodução.